PROGRAMA DE OFICINAS TEÓRICAS CCE SP 2009 Cada última semana de maio a setembro

‘Experiências dialógicas’
Programa de oficinas 2009
Centro Cultural da Espanha em São Paulo

De maio a setembro de 2009 o programa ‘Experiências dialógicas’ conta com 5 oficinas teóricas em formato de curso intensivo com duração de 5 dias de 4 horas. É apresentado como uma iniciativa de formação não convencional em direção a novos posicionamentos da crítica e curadoria de arte em contexto ibero-americano. Acontece a cada última semana do mês.

Em junho:

Alberto López Cuenca (teórico, Espanha-México) e Fernando Oliva (crítico e curador, Brasil)

“Curadoria, esfera pública e práticas institucionais”
A oficina busca enfatizar as implicações políticas das estratégias artísticas. Que se entenda por ‘políticas’ as incidências sociais, institucionais e subjetivas associadas aos modos de produção, distribuição e consumo da arte em nossos dias. Para localizar e analisar essas ‘implicacões políticas’ a oficina tentará formar um campo de indagação crítica a partir das noções-chave postas aqui: trabalho criativo e novas instituições. De um lado a oficina conduzirá ao longo do estudo de prévios trabalhos de curadoria independente uma análise da prática curatorial multidisciplinar realizada institucionalmente.

Data: 22 a 26 de junho

Horário: das 10 as 14h

Local: CCE São Paulo – r. Martinico Prado, 474- Higienópolis

Inscrições: mediante envio de CV e carta de intenção (até 17/6)
(número limitado de participantes). Isenta de taxas

Contato: talleres@ccebrasil.org.br a/c Marcio Harum – coordenador)

Informações: http://www.ccebrasil.org.br/talleres

Alberto López Cuenca
É professor Titular de Filosofía e Teoria da Arte no Departamento de
Filosofía e Letras da Universidade das Américas, Puebla (México),
onde coordena o Doutorado em Criação e Teorias da Cultura. Seu trabalho de investigação parte da teoria da arte e a epistemologia com a finalidade de elucidar mecanismos de produção simbólica da criação cultural contemporânea, atendendo especialmente a aspectos sociológicos, econômicos e tecnológicos. É doutor em Filosofía pela Universidad Autónoma de Madrid.

Fernando Oliva
Diretor de Curadoria e Programação do Centro Cultural São Paulo e docente da Faculdade de Artes Plásticas da FAAP. Foi Gerente de Projetos do Museu da Imagem e do Som e do Paço das Artes. Entre suas curadorias recentes destacam-se COVER=Reencenação+Repetição (MAM-SP, 2008); I/Legítimo: Dentro e Fora do Circuito (MIS e Paço das Artes, 2008); Comunismo da Forma: A Estratégia do Vídeo Musical (Galeria Vermelho, 2007) e À La Chinoise+The Site Specific (Microwave Festival de Hong Kong, 2007).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: